Após a leitura, classificarei os livros assim:
Péssimo [0] Ruim [*] Regular [**] Bom [***] Muito Bom [****] Excelente [*****]

Infalibilidade & Interpretação (****)



Rousas John Rushdoony & P. Andrew Sandlin
Editora Monergismo  
128 páginas

A questão da infalibilidade bíblica descansa em última análise no caráter de Deus. Afirmamos a infalibilidade bíblica porque o Deus a quem a Bíblia revela não poderia falar senão infalivelmente, e porque a Bíblia na qual Deus é revelado afirma que Deus fala somente infalivelmente.
Os homens negam a infalibilidade bíblica, não por razões intelectuais, mas por razões éticas – eles estão em guerra com Deus. Os incrédulos violadores do pacto não negam a infalibilidade bíblica porque é difícil reconciliá-la com a “razão” ou com as descobertas do mundo moderno – eles negam a infalibilidade bíblica porque são rebeldes.
Da mesma forma, nós, os cristãos observadores do pacto, não afirmamos a infalibilidade bíblica porque podemos demonstrar que a Bíblia se conforma detalhadamente aos cânons da ciência moderna – antes, afirmamos a infalibilidade bíblica porque o Deus do universo não fala senão infalivelmente.
Esta obra crucial de Rousas John Rushdoony e P. Andrew Sandlin explora as implicações da infalibilidade e interpretação bíblicas a partir de uma perspectiva distintamente pressuposicional. Os autores estão convencidos que somente mediante uma recuperação da fé numa Bíblia infalível e através da obediência a cada um dos seus mandamentos os cristãos podem esperar vencer os males na igreja e na cultura de hoje.